Translate

Search

.

Content

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Poesia bíblica

Como compositora e escritora fico admirada com os versos do Rei Davi, com a facilidade com que ele parece lidar com suas emoções e expressá-las, ao ponto de expor sua alma diante de Deus.
Ousadia ou humildade? O que sei é que somente alguém com um relacionamento estreito com Deus, pode ser tão sincero...

A poesia dos Salmos focaliza-se, em grande medida, nos sentimentos humanos. A poesia revela uma gama de emoções experimentadas por pessoas sinceras, porém pecaminosas, que se esforçam para seguir a Deus e compreender o papel que Ele desempenha na vida delas. Por esta razão, os Salmos podem ser bem variados: alguns nos animam, outros são tristes - mas todos são autênticos. Por quê? Porque os escritores dos Salmos desnudaram a alma diante de Deus e também diante dos leitores.
Embora possamos aprender muita coisa com a poesia bíblica, seu propósito maior não é tanto nos instruir quanto nos influenciar.
Quando penso no Rei Davi e na poesia que ele escreveu, imagino o quanto se inspirava nas coisas mais simples do seu dia a dia, é possível ter uma noção de seu amor por Deus, pelo modo como ele expressava em casa coisa, a sua confiança no Pai. Para mim é como se ele andasse com um bloquinho de papel nas mãos para registrar seus sentimentos assim que estes fluíssem, pois é muito real os sentimentos apresentados por ele, ao ponto de acharmos que ele escreveu AO VIVO, enquanto vivenciava.
Pode-se até perceber o grau de dificuldade vinda de uma tribulação, perseguição, angustia; pelo tom de sua fala.
A facilidade com que Davi declara versos profundos (e muitos de nós gostaríamos de ser o autor destes versos) interessante como foram inspirados em momentos que normalmente uma pessoa desejaria a morte, desistiria de tudo, não aguentaria a pressão dos adversários e das adversidades. Chego a conclusão de que verdadeiramente esta atitude não caracteriza apenas Davi como um artista, mas sobretudo como um adorador. Certamente, estas duas qualidades se confundem, no entanto, antes de ser artista é necessário talento e inspiração, e Deus foi a inspiração de Davi - total e profunda.

Temos muito, muito o que aprender com o Rei Davi. E com a leitura de Salmos somos influenciados a rasgar a alma diante da presença de Deus.
Entendo que preciso muito da inspiração divina, e hoje dei início a leitura da poesia bíblica de Salmos.
Sinta-se convidado a participar desta leitura comigo!
E que Deus, em tudo, seja nossa inspiração, e que esta inspiração nos leve a fazer poesia no nosso dia a dia, mesmo diante das perdas, das dores, dos fracassos, das perseguições, das tribulações, das adversidades...
Confiança Nele sempre!

Paz e Graça!
Fabiola Malta

0 Comente AQUI:

OBRIGADA PELA VISITA

Autora

Leitores